Por Rogelia Barbosa >>

A falta de intimidade dos comunicadores com os números, muitas vezes, faz com que a gente perca espaço para pessoas das áreas das exatas nas vagas de Comunicação e Marketing das empresas.

4 passos para você mostrar o valor estratégico da comunicaçãoO objetivo desse texto é promover uma reflexão (na verdade gostaria que a palavra fosse reflexAÇÃO) para nós, comunicadores, partirmos para a ação após falarmos sobre este assunto, mostrando maturidade profissional, valorização e reconhecimento para a nossa área. Estou referindo à mensuração dos investimentos em comunicação.

Independente de você ser freelancer, trabalhar em assessoria de comunicação ou em agência, vale a pena atentar para a importância de quantificar e qualificar a análise do retorno de investimentos em comunicação. Saiba por que e como fazê-lo.

POR QUE MENSURAR EM COMUNICAÇÃO?

a) A falta de intimidade dos comunicadores com os números, muitas vezes, faz com que a gente perca espaço para pessoas das áreas das exatas nas vagas de Comunicação e Marketing das empresas.

b) Otimização de recursos e maior assertividade dos investimentos também são motivos para a tangibilização dos resultados, pois hoje há inúmeros canais e plataformas on e offline e que, sem as estratégias corretas de utilização, serão somente plataformas sem retorno real para a marca.

c) Melhora o entendimento do papel da comunicação no contexto organizacional.

d) Monitora a eficiência e a eficácia, o cumprimento dos objetivos e metas organizacionais, enfim, analisa a efetividade das ações.

e) Confere agilidade na identificação e na correção de falhas no processo.

f) Motiva o aperfeiçoamento constante.

g) Mais que a valorização e o reconhecimento da área, a mensuração dos resultados justifica o papel estratégico que a comunicação tem para as marcas.

COMO FAZER?

Há várias fórmulas e metodologias. Para a primeira reflexão, vamos conversar sobre a lógica da mensuração. A partir do entendimento da comunicação como investimento você já vai conseguir tangibilizar suas ações.

Esta lógica foi proposta por Yanaze e Crepaldi (2005, p.143)

1) Toda comunicação deve ter objetivos.

2) Todos os objetivos podem ser decompostos em metas quantificáveis, o que não significa serem expressas em valores monetários.

3) Todas as métricas quantificadas podem, direta ou indiretamente, serem traduzidas em valores monetários e comparadas aos recursos necessários para sua consecução.

4) O prazo necessário para atingir as metas (Período de Retorno de Investimento) depende da complexidade e da abrangência da ação pensada.

Ou seja, você tem o diagnóstico ou briefing de comunicação. A partir dele definiu seus objetivos de comunicação, suas ações, mensagens, canais e prazos. A partir disso, você pode quantificar o retorno, se atingiu o objetivo. O valor entre o investimento e o retorno nem sempre é monetário de imediato, podendo ser em imagem ou em atributos que, somados ao longo dos anos, trarão uma marca sólida, reconhecida e valiosa. Trata-se de otimizar investimentos através da utilização de parâmetros quantitativos, métricas, valores, padrões de tempo e espaço.

QUER SABER MAIS SOBRE MENSURAÇÃO EM, COMUNICAÇÃO?

Baixe esta apresentação de Avaliação e Mensuração dos Resultados em Comunicação do Prof. Dr. Mitsuru Higuchi Yanaze e veja os conceitos, indicadores e exemplos de métricas detalhadas: http://bit.ly/1eoiYnE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...