[tweetmeme]

Por Maria Alana Brinker

O post de hoje seria sobre um assunto totalmente diferente: o impacto da auto-estima na vida profissional. Mas um e-mail que recebi hoje à noite de uma amiga publicitária me chamou muito a atenção para um viral sobre o filme Os Mercenários. Sim, aquele mesmo, estrelado e dirigido por ninguém menos do que Silvester Stallone e com a participação de tantas outras estrelas de Hollywood, como Jet Li, Terry Crews, Mickey Rourke, Bruce Willis e Arnold Schwarzenegger.

O vídeo simplesmente leva a pensar que se trata de mais uma daquelas entrevistas, como as do What’s On (programa do Universal Channel), mas não passa de uma genial jogada de marketing, muito bem pensada, que reproduz uma página do YouTube, inclusive a URL – não me pergunte como. Ficou curioso? Então assista aqui.

Se você ficou chocado, assistiu mais de três vezes e ainda assim voltou para este blog,  pode me dizer o que achou?

Ele me fez pensar na proporção que as redes sociais tomaram. Elas estão ao alcance de todos, e hoje não há como pensar numa boa campanha de Marketing sem cogitar utilizá-las, já que são uma ótima alternativa para levar o consumidor a lembrar e a reconhecer uma marca. Há muitos especialistas em redes sociais que já apontam vídeos (incluindo virais) como uma tendência que irá substituir o texto nos blogs. Será?

7 DICAS PARA PRODUZIR UM VIRAL:

Eles estão aí, disponíveis para quem quiser ver e são baratos de fazer (claro, dependendo da produção). São democráticos, porque o sucesso não depende somente do investimento, mas também do quão interessantes, diferentes, polêmicos ou divertidos podem ser. E acredito que sejam um bom exemplo de como as redes sociais têm o potencial de colaborar para a democratização da informação.

Não sou uma especialista em virais, por isso, pesquisei algumas dicas de como produzir um vídeo viral e aumentar as chances de rápida disseminação.

1 – Faça vídeos curtos: os melhores são geralmente aqueles que não excedem 3 a 5 minutos. Lembre-se de que todos os dias são colocados milhares de novos videos, portanto, há pouco tempo para atrair a atenção dos internautas.

2 – Facilite a busca: amplie a otimização com tags e um título que seja facilmente encontrado pela maioria dos leitores que procuram vídeos dentro desse nicho.

3 – Chame a atenção: leve em conta que ele necessita ser provocador, descontraído, interessante e único. “Coisas” comuns não chamam a atenção.

4 – Não conte para todos: deixe as pessoas se perguntando “Isso é real?”, “Eles realmente fizeram isso?”, ajudando a propagar o conteúdo.

5 – Distribua estrategicamente: mande seu viral para sites de compartilhamento de vídeos, mas selecione os veículos de acordo com seu público-alvo. No I Like sharing videos você encontra uma lista de 450 websites de compartilhamento e exibição de vídeos.

6 – Não mande para todos ao mesmo tempo: assim como um vírus, o viral é “pego” ao acaso, então encaminhe ele aos poucos. Selecione 3 a 5 veículos por vez.

7 – Use e abuse de recursos que estão à disposição na web: se você não pode fazer uma produção como a do Stallone, pode contar com sites que ajudam a criar vídeos, como o Instant Video Ggenerator e o Blog TV, ou efeitos especiais como o RiffTrax e o Movie Masher.

No mais, era isso. Se você souber de mais dicas para produzir virais, deixe aqui!

Sites consultados:

www.escoladinheiro.com.br

www.lafirmacomunicacao.com.br

.

>> Veja também: Buzz Marketing e Viral: notoriedade sem gastar muito

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...