Por Sabrina Raupp >>

A equipe do Comunicação e Tendências esteve presente no seminário O mercado da Comunicação Organizacional, e conferiu todas as dicas, macetes e cases que os palestrantes apresentaram. O evento, promovido pela GW Eventos, ocorreu no Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre, e contou com uma plateia formada majoritariamente por relações públicas.

O planejamento de comunicação foi o tema de abertura do evento. Marcelo Lubisco, diretor de planejamento da Duplo M e professor da ESPM, relembrou os ouvintes sobre a importância do planejamento e, principalmente, que ele não é algo estático. Conforme Lubisco, é importante para a formulação do planejamento: a definição do problema, a busca de informações, o posicionamento e os desdobramentos. Para definir o problema, é necessário conhecer a empresa, encontrar os desafios na área de Marketing, Marca e Comunicação. A busca de informações deve ser encarada como uma análise empresarial na qual se deve envolver os concorrentes, buscando ficar a par de seus posicionamentos, consumidores, saber o que eles querem. Deve-se, também, obter informações sobre o mercado. Sempre é importante observar o mundo a nossa volta.

O posicionamento da empresa deve ser verdadeiro, relevante e diferente. Ele é o que orienta o plano ou é aquilo que o plano busca, no caso da empresa não ter um posicionamento ainda. E, a materialização do posicionamento no maior número de contatos possíveis são os desdobramentos.

O palestrante ainda ressaltou que as empresas devem resistir à falsa sensação de conforto de fazer o mesmo que toda a categoria. O que chama a atenção do consumidor é o diferente, o incomum. Além disso, é de extrema importância que toda a empresa esteja envolvida no plano, que todos saibam o que está sendo feito e colaborem para o crescimento e desenvolvimento dela. Confira no vídeo abaixo a colaboração que todo o pessoal da Duplo M deu para a agência ganhar a conta da Ford.

 

Falando em colaboração, passamos para a próxima palestrante, Suzana Englert, sócia-diretora da Suzana Vellinho Englert Const. e Assessoria de Comunicação, que apresentou o case do Pão dos Pobres de Santo Antônio.

O que a ‘colaboração’ tem a ver com o case? Bom, o posicionamento estratégico da instituição é o apadrinhamento como investimento social. Suzana mostrou como o plano de comunicação foi desenvolvido, as ações que foram estipuladas e os resultados obtidos até o momento. Suzana ressaltou que a entidade não possui verba para investir em comunicação, logo, as ações realizadas ocorrem devido ao estabelecimento de parcerias com universidades, empresas privadas e agências de Comunicação. Assista ao vídeo e veja o depoimento de um ex-aluno.

 

Devido ao grande interesse do público pelo caso, Suzana passou mais tempo respondendo questões sobre a entidade do que apresentando o case. Isso demonstrou o quão importante seu trabalho deve ser encarado, pois a maioria dos porto-alegrenses presentes demonstrou não conhecer uma entidade que possui 116 anos.

O interessante neste primeiro momento do evento foi o fato de encararmos duas realidades bem diferentes do mercado de Comunicação Organizacional. Primeiro, tivemos contato com a realidade de empresas que possuem dinheiro para investir em comunicação, depois, nos deparamos que o oposto.

Grande parte dos profissionais, assim que saem do forno, sonham com o primeiro mundo, sem problemas financeiros, onde tudo é possível. Porém, ao se formarem, deparam-se com o segundo – falta de dinheiro e condições de trabalho. Nesse mundo, o profissional de Comunicação, além de serem criativos, têm que correr atrás de quem vai bancar.

Em breve, mais comentários sobre o seminário O mercado da Comunicação Organizacional.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...