Por Ana Carolina Escobar >>

Assim como eu, certamente você possui diversos grupos no WhatsApp. Um para a família; outro para os amigos do ensino médio; um reservado para os conhecidos da faculdade e um quarto para os colegas de trabalho. As notificações são frenéticas, e algumas horas sem conferir o app acumulam mais de 100 mensagens não lidas.

Adeus, Mídias Sociais: trocar mensagens é a nova tendência

Mas você já parou para pensar porque não tem um grupo no Facebook, ao invés do WhatsApp? Simples! Porque a mais nova tendência é trocar mensagens. Sendo ainda mais específica, o consumo se voltou para aplicativos que possibilitam a troca de mensagem instantânea, independente do conteúdo compartilhado.

Para Fred Wilson, fundador do Tumblr, as mídias socais alcançaram o seu ápice em 2014 e, agora, é definitivamente a vez das mensagens, uma vez que não existem mais grandes inovações, por parte dos empresários e desenvolvedores, nos aplicativos sociais. Ele ainda afirma que essa transição foi oficializada quando Mark Zuckerberg colocou as mãos no WhatsApp, pela pequena bagatela de US$ 22 bilhões.

Falando em Facebook, os desenvolvedores da rede andam testando um botão de compartilhamento com o Whatsapp, o que também pode ser entendido como um indício de mudança no cenário de negócios. Vale lembrar que este é o primeiro sinal de integração das duas redes, que permaneciam sem relações até então.

Nessa mesma linha, mas ainda assim partindo de uma visão bem mais empreendedora, Jason Stein, CEO e fundador da agência americana Laundry Service, enxerga o marketing para mobile como o futuro. Na visão dele, aplicativos que possibilitam a troca de mensagem vão se tornar a forma do consumidor receber o conteúdo de determinada empresa. Ou seja, ao invés de receber e-mails com ofertas, as pessoas passarão a receber mensagens certeiras e pessoais, seja pelo WhatsApp, Snapchat ou qualquer outro aplicativo que surgir até lá.

Sim, todo mundo sabe que o mobile caiu no gosto do povo. Os aplicativos das redes sociais estão sendo substituídos por aplicativos de mensagens, e a palavra buzz do momento é: responsivo. No entanto, ainda carrego certas dúvidas no que se refere à morte das mídias. Acredito mais em uma readaptação das mídias e dos profissionais do que em uma finalização. E você?

Fontes:

http://goo.gl/1EyuFF

http://goo.gl/gHQUpo

http://goo.gl/FzG8Ub

Fonte da imagem:

https://bryancomp.files.wordpress.com/2014/10/people_on_their_phones_wide.jpg

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...