Por Maria Alana Brinker

[tweetmeme]

Este é o terceiro post da série O Marketing e Seus Desdobramentos. Hoje, trataremos sobre dois dos desdobramentos mais utilizados atualmente: o Buzz Marketing e o Marketing Viral. Acompanhe o texto e saiba por que isso acontece.

A tradução literal da palavra Buzz é zumbido, susurro, murmuro. Tendo em vista estes significados, o objetivo do Buzz Marketing é disseminar, da melhor maneira possível, ideias, novidades, conceitos etc. através do boca a boca, gerando notoriedade com a utilização de poucos recursos financeiros.

A palavra Viral, como todos sabem, vem de vírus, e é empregada no Marketing para descrever a maneira como a informação é difundida: passa rapidamente, de uma pessoa para a outra, sem critérios de escolha. As ações de Marketing Viral ocorrem, frequentemente, através das Mídias Sociais (e-mails e vídeos que se espalham rapidamente, mensagens enviadas pelo Orkut, Facebook, Twitter, MSN…), criando rumores, boatos e fofocas sobre determinado assunto.

Diferença entre Buzz Marketing e Marketing Viral

Na prática do Buzz Marketing, são utilizados formadores de opinião para espalhar a informação ou notícia. Ou seja, a divulgação é planejada e os alvos são estrategicamente escolhidos. Por exemplo, para espalhar uma novidade, uma grife de maquiagens pode pesquisar blogues famosos que falem sobre beleza, estética e maquiagem, entrar em contato com os (as) blogueiros (as) e divulgar seus produtos lá. Inclusive, oferecer amostras do produto para que eles (as) experimentem e depois coloquem suas opiniões nos posts.

No caso do Marketing Viral, pode até haver planejamento, mas a divulgação ocorre mais espontaneamente. Ou seja, tanto um vídeo produzido por fabricantes de marcas famosas, como Dove e Coca-Cola – que fazem peças bem elaboradas e criativas -, quanto os conhecidos Virais caseiros, como  “Pedro, me dá meu chip!”, “Tapa na Pantera” e “As Árvores Somos Nozes” podem fazer sucesso ou não.

Os vídeos postados no YouTube são os mais conhecidos, pela facilidade de acesso e rapidíssima repercussão. Mas, além deles, outras estratégias também estão sendo criadas: a Coca-Cola, inovando mais uma vez, criou um novo aceno para os torcedores Argentinos. Outra ideia bem legal foi uma ação de Marketing Viral feita nas ruas, que serviu para arrecadar fundos para a Fundação Tênis, gerando grande repercussão e muita mídia espontânea.

Falando ainda nos vídeos, vale a pena assistir ao comercial da marca de camisinhas Zazoo (Bem persuasivo!).

Vantagens do Buzz Marketing

Philip Kotler, em entrevista à HSM Management (nº69), diz que é cada vez mais difícil conseguirmos a atenção das pessoas, e que um dos maiores desafios dos gestores de marketing, atualmente, é “comprovar o retorno do investimento: qual a eficácia de um comercial de 30 segundos? E da mala direta? Também ficou mais complicado nos diferenciarmos daqueles que copiam nossos produtos. Há uma crescente ‘comoditização’ da oferta e, por isso mesmo, o cliente decide pelo preço.”

Na mesma entrevista, quando é questionado sobre qual é a ideia de marketing mais atraente dos últimos tempos, Kotler responde: “Gosto do buzz marketing [sic], que é a recomendação boca a boca. Não que isso seja novo em si: vem de tempos imemoriais, quando a serpente disse a Eva que comesse a maçã e ela, por sua vez, sugeriu o mesmo a Adão. A novidade é que agora se trata de uma prática organizada. A Procter & Gamble, por exemplo, oferece amostras grátis de seus novos produtos a centenas de mulheres, com a condição de que os divulguem entre suas amigas se gostarem deles e que os esqueçam se não gostarem.”

Vantagens e Desvantagens do Marketing Viral

O Viral também pode ser feito com baixíssimo custo, e, se criativo tem boa repercussão e rápida disseminação. A desvantagem está na dificuldade em atingir públicos mais específicos e na imprevisibilidade do sucesso, o que pode impedir a efetividade da ação.

Então, se você quer divulgar algo rapidamente, gastanto pouco dinheiro, aproveite as facilidade de comunicação proporcionadas pela Internet, e faça sua ação de Buzz ou Viral.

>> Veja, também, os outros posts da série:

Pepsi e Coca-Cola são iguais? O Neuromarketing responde.

Marketing de Relacionamento e CRM: descubra o que seu cliente realmente quer!

A Origem do Marketing

Afinal, o que é Endomarketing?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...