28
jan
2017

Comunicação não verbal: a expressão do corpo

Por Maria Eduarda Paul >>

De forma genérica, são as palavras as responsáveis pela comunicação entre os indivíduos. As relações baseiam-se no falar e ouvir, no perguntar e responder. Entretanto, não é de hoje que se percebe que as formas de comunicação não verbais é que realmente transmitem ideias e sentimentos ao outro.

Desde os primórdios da humanidade, através das ditas “pinturas rupestres” ou das expressões corporais, os seres buscam por alternativas de transmissão de mensagens. A comunicação existia antes mesmo da própria fala.

Você já parou para perceber quantas vezes entendeu o que alguém estava pensando só no seu olhar? Ou na expressão do seu rosto? Quantas vezes você detectou o humor de outra pessoa pela roupa que ela estava usando ou pela postura que caminhava? O falar é importante, mas, o COMO falar, é muito mais. Afinal, se você estiver dizendo que está feliz e seu sorriso não representar isso, ninguém acreditará.

A expressão não verbal fala muito mais do que as palavras, por isso, é parte potencial nas relações de comunicação. Quando falamos em publicidade, por exemplo, os esforços nesse âmbito não devem ser medidos – quando pensa-se em convencer o consumidor, a transmissão de sinais não verbais é diferencial para o sucesso. Para vender um produto é preciso mostrar-se feliz com os benefícios proporcionados por ele, é preciso demonstrar seus valores agregados.

A expressão não verbal está presente nas relações do dia a dia, na comunicação com o outro, no ambiente social e no corporativo. A expressão não verbal está presente a todo o momento, muitas vezes sem que possamos perceber. Pense mais nisso e não preocupe-se essencialmente no que você fala e escuta. Observe-se mais e entenda o outro: as percepções podem revelar muito mais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...