Por Felipe Uhr >>

Não deixe a crise do mercado te apavorar tanto. Há alternativas para os jornalistas!

E agora, jornalista? O que fazer quando a crise bate na porta.O processo de comunicação é curioso. Cartas, jornal, rádios, correio, telefone, televisão até chegarmos à nossa conhecida e dinâmica internet. Ao longo da história a verdade é que o acesso à informação mudou. Modificou-se também muito o mercado. No Brasil e no mundo grandes grupos de Comunicação anunciaram falência ou encolherem seus quadros, demitiram jornalistas e profissionais de Comunicação para continuar funcionando. Mas, se os veículos estão acabando, para onde vão os jornalistas? A verdade é que estamos vendo um novo jeito de nos informar. Mas como sobreviver a esse mundo selvagem onde qualquer um pode tirar uma foto, publicar uma notícia com vídeo dando um furo em jornais e demais veículos de comunicação? Fiz uma lista com diferentes ideias e opções que já acontecem e servem como uma alternativa para sobreviver a esse processo denso e competitivo da busca e acesso pela informação.

1 – Blogs ou Sites Específicos

Produzir conteúdo especializado não é nenhuma novidade. As revistas já faziam isso há muito tempo. Mas a verdade é que quem se atualizou e correu na frente colocando esse conteúdo na internet hoje já começa a colher frutos. Há sites com assuntos muitos peculiares que vão desde como educar seu filho até alimentação orgânica. Não há assunto que as pessoas não queiram saber, e se antigamente esse conteúdo chegava de forma complicada, hoje basta um clique e pode ter certeza que as pessoas estão procurando saber sobre aquilo que gostam, seja qual for o assunto. E não pense que ainda é tarde para apostar no seu projeto. Tudo ainda é novo e há espaço para todos, é só ser atento e inovador.

2- Mídias Sociais

Ainda é uma grande catapulta para impulsionar e fazer bombar” o seu projeto. Hoje há tutorias, manuais, pequenos artigos que ensinam como se utilizar dessa ferramenta. Grande parte da população mundial, principalmente jovens, se utilizam das mídias sociais. É uma boa alternativa para os profissionais de Comunicação, principalmente os jornalistas, que hoje são tão afetados.

3- Jornais de Bairro ou Comunitários

Por incrível que pareça, essa ainda é uma alternativa muito viável. Em alguns países da Europa, como na Inglaterra, jornais são distribuídos gratuitamente em metrôs e pontos de ônibus da cidade. Aqui, a lógica é a mesma. Esse tipo de jornal é distribuído sem custos e dá notícias do bairro. É a comunicação entre o morador e os frequentadores do bairro ou da região com as coisas que acontecem no lugar onde mora. Não é fácil convencer um comerciante ou dono de loja a anunciar nesse tipo de jornal, mas se for passada a importância desse veículo, não há dúvidas que ele pode e irá publicar um anúncio, mantendo, assim, a manutenção do jornal. A ideia é de um ciclo que mantém o bairro aquecido, seja com informação, seja economicamente.

4 – Assessorias de Imprensa

Não é novidade para ninguém que esse se tornou um nicho, uma saída de emprego e oportunidades para muitos jornalistas. Mas o que lembro aqui é que as assessorias de imprensa, hoje, são uma grande fonte de informação. Tendo os contatos certos e tendo um sistema inteligente de comunicação com as assessorias, é possvel pode manter um blog ou site muito bem abastecido com informações relevantes e importantes.

Bom, aqui foram algumas ideias e opiniões sobre alternativas a serem usadas para jornalistas, já que vivemos esse momento de transição entre a informação e seus veículos. Quem não se comunica se trumbica, já dizia o velho Chacrinha, e ninguém sabe fazer isso melhor que nós, jornalistas. As ferramentas estão aí. É uma questão de arriscar, inovar, empreender para não ser pego pela crise que afeta o setor. Todavia, o mundo precisa de nós. É aquela velha história: mesmo quando todos fazem greve há de se ter pelo menos um jornalista, que está lá dando a notícia da greve, ou seja, trabalhando. Vamos em frente!

Fonte da imagem: http://downloads.open4group.com/wallpapers/placas-para-todas-as-direcoes-f2b32.jpg

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...