Por Marcus Vinícius Souza

De acordo com estudo realizado pela Direct Marketing Association o e-mail marketing é a ferramenta mais utilizada pelos profissionais de Marketing Digital dos Estados Unidos, chegando a 87% de uso para comunicação com os clientes.

Entretanto, no tripé de comunicação digital, constituído pelos sites de buscas e e-mail marketing, também permeiam as redes sociais, que diariamente ganham força nos negócios. Com base na informação de contínuo uso do e-mail marketing pelos profissionais, e o crescimento das redes sociais, o blog Comunicação & Tendências entrevistou Eduardo de Zorzi, diretor da agência Nitrodev, para relacionar e fazer apontamentos de como está o contexto de uso e possíveis direcionamentos na integração do e-mail com as redes sociais.

C&T: Um dos maiores desafios do e-mail marketing é o de se criar conteúdo relevante para que o usuário complete alguma ação ao receber o e-mail em sua caixa postal. Como fazer isso considerando o expressivo aumento de ofertas nas redes sociais?
Eduardo de Zorzi: A relevância é, sem dúvida, um dos pontos mais importantes para uma campanha de e-mail marketing de sucesso. Com a enxurrada de e-mails que recebemos diariamente, o usuário de Internet não quer perder tempo com ofertas ou informações que não lhe tragam vantagens de compra ou conhecimento ágil e preciso. O e-mail ainda abre vantagem sobre as ofertas em redes sociais pois a comunicação é individual, direta. A melhor maneira de trabalhar a relevância é oferecer conteúdo exclusivo aos assinantes das mensagens, desta forma cria-se um vínculo destinatário-remetente.

C&T: Entre os anos de 2009 e 2010 a receita de e-mail marketing cresceu consideravelmente, passando as margens de investimento da mala direta. Quais são as estratégias de uso em conjunto do e-mail marketing e das redes sociais?
Eduardo de Zorzi: Apesar de serem dois tipos de ações de Marketing Digital, o e-mail marketing se diferencia muito dos anúncios em redes sociais, pois é uma forma de comunicação direta com o cliente, mais pessoal. Vejo os canais como complementares. Um bom exemplo é o que está acontecendo com os sites de compra coletiva, que estão usando com muita competência essa ferramenta e obtendo ótimos resultados. A estratégia é simples: você se posiciona nas redes sociais, atrai seu público-alvo e, posteriormente, trabalha a segmentação através do seu website, onde conseguirá mais informações a respeito do internauta e poderá individualizar suas ações de e-mail marketing.

C&T: Já se pode pensar numa nova tendência de uso em conjunto do e-mail marketing e das redes sociais?
Eduardo de Zorzi: Sem dúvida. Não se pode ignorar o sucesso das redes sociais e o caminho que está se configurando em relação ao uso da Internet. A web está, mais do que nunca, aproximando marcas e pessoas, mudando o comportamento de consumo. Essa mudança deve ser monitorada e o uso dos recursos de comunicação digital alinhados. O e-mail é peça fundamental para criar um elo, fazer o meio de campo.

C&T: O e-mail marketing pode melhorar o conceito de um site nas buscas orgânicas?
Eduardo de Zorzi: Indiretamente, sim. Os links enviados por e-mail não criam relevância para os mecanismos de busca, porém, geram tráfego quase que instantâneo. Esse aumento de tráfego pode resultar em apontamentos pelos destinatários e, assim, produzir resultados positivos para as buscas orgânicas em termos de link building (apontamentos).

C&T: Qual é o perfil e o conhecimento necessário que as agências digitais exigem dos seus profissionais?
Eduardo de Zorzi: Todo profissional que trabalha com Internet deve ter boa capacidade de aprendizado e ser pró-ativo no sentido de estar sempre em busca do novo ou de explorar o que é novo, enxergando as mudanças que o mundo web vem trazendo para a sociedade com uma curiosidade investigativa. O conhecimento é consequência disto e a exigência vai depender do cargo. Para desenvolvedores, o pacote básico para quem quer trabalhar com e-mail marketing é: Linguagem de Programação Web, Bando de Dados, HTML, E-mail Standards, CSS, Ajax, Configuração de MTAs (Mail Transfer Agent), Comportamento de Filtros Anti-Spam, Usabilidade, Arquitetura de Informação e o conhecimento dos conceitos de e-mail marketing.

.

>> Veja também: E-mail Marketing: estratégias para um bom relacionamento com clientes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Renata Moreira

    Redação: uma paixão pessoal que está diretamente ligada ao e-mail marketing, pois como disse o entrevistado, “a comunicação é individual, direta” e, para que isso ocorra, um bom texto, juntamente com o restante da tecnologia, é, na minha opnião, o maior aliado do profissional que trabalha com as redes sociais e os e-mails marketing.
    Sendo que, a interação empresa-consumidor aumenta com o uso, correto e bem adequado, desta nova ferramenta.

    Parabéns aos blogueiros do “Comunicação e Tendência”, pelo tema apresentado, pois o assunto é “inovador”!