21
jul
2016

Feedback: uma tática para reter talentos

Por Renata Gueresi>>

Fonte: pixabay.com

Fonte: pixabay.com

O feedback no meio corporativo é a forma como os líderes têm de dar retornos aos seus liderados. Na teoria é algo simples, mas na prática pode causar algum desconforto, tanto para quem vai dar o feedback quanto para quem vai recebê-lo.

No entanto, o feedback é super importante, principalmente no ambiente organizacional, pois assim líderes auxiliam seus liderados a se desenvolverem, apontando pontos que precisam melhorar ou modificar.

Pensem que ao dar um feedback, por exemplo, sobre o comportamento de um colaborador que foi um pouco agressivo ou rude com as demais pessoas, você irá ajudar esta pessoa a melhorar suas atitudes, pois na maioria das vezes nós nem percebemos que estamos fazendo algo errado ou indevido, mas se alguém chegar e nos apontar isso, nós podemos nos modificar e nos tornarmos profissionais melhores.

Lembrando sempre que o feedback precisa ser positivo ou construtivo, porque nós não queremos humilhar ninguém. Segundo a autora Simoni, do livro Feedback Corporativo (2012, p. 24), estes feedbacks são construtivos e se caracterizam por:

  1. Positivo: gera agradável bem-estar para quem o recebe e costuma ser forte motivador. Reforça atitudes e comportamentos bem-sucedidos já existentes.
  2. Corretivo: redireciona o que já existe em busca de aperfeiçoamento. É também construtivo se fornecido de forma adequada e por meio de metodologia específica.

Qualquer um destes feedbacks têm o objetivo único de aperfeiçoar o profissional e nunca rebaixá-lo ou fazer ele se sentir mal. A primeira coisa que precisamos mudar é o pensamento de que dar feedback não é importante ou não vai alterar nada, que as coisas vão continuar do mesmo jeito.

Então, pense que se você for dar um feedback é porque você se importa com aquela pessoa e quer que ela se transforme em um profissional melhor. Por isso, o feedback deve ser visto como algo positivo, que nos faz crescer e evoluir.

E para conseguirmos dar um feedback construtivo é importante fazermos algumas coisas:

  1. Faça uma avaliação de desempenho com a sua equipe, pois assim você terá uma ferramenta de apoio para dar um feedback melhor;
  2. Crie um tipo de “diário do colaborador”, neste documento você deve descrever toda e qualquer atitude positiva ou negativa da sua equipe, relatando o dia que isso aconteceu, para que você possa usar estas anotações para lhe auxiliar ao dar o feedback;
  3. Para feedbacks após a avaliação de desempenho não pegue o seu colaborador de surpresa, agende uma reunião com ele; e
  4. Caso o feedback seja no momento que ocorreu o evento, tenha a sensibilidade de perceber se é o momento adequado e, também, lembrem que se for um feedback positivo deve ser feito na frente dos outros. Mas se for um feedback construtivo, faça em particular, pois não queremos humilhar e nem constranger ninguém.

Após dar o feedback você e seu colaborador podem, inclusive, reavaliar os treinamentos e capacitações dele, podendo, quem sabe, enquadrar capacitações diferentes do que já se havia programado para ajudá-lo a se desenvolver.

Assim, os principais objetivos do feedback são:

  • Abrir um canal de comunicação clara e exata entre o líder e seu colaborador;
  • Fornecer ao colaborador condições para melhoria de seu desempenho no trabalho;
  • Dar oportunidade ao colaborador de conhecer o que a empresa espera;
  • Permitir ao colaborador conhecimento de como ele está desempenhando seu trabalho, comparando com os padrões de desempenho esperados pela empresa;
  • Permitir ao colaborador discutir com seu líder formas de melhor utilizar seu potencial, propiciando o desenvolvimento profissional; e
  • Reduzir ansiedades e incertezas por parte do colaborador.

Referências:

Por que é tão difícil dar e receber feedback?. Disponível em:<https://endeavor.org.br/por-que-e-tao-dificil-dar-e-receber-feedback/> Acesso em 19 de jun de 2016.

Significado de Feedback. Disponível em:<http://www.significados.com.br/feedback/>. Acesso em em 19 de jun de 2016.

Gestão de Desempenho. Material de aula da disciplina de Gestão de Pessoas, de 2015/02, da FADERGS – Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul.

MISSEL, Simoni. Feedback Corporativo: como saber se está indo bem. São Paulo: Saraiva, 2012.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...