20
set
2010

Google Instant, por Bob Dylan.

[tweetmeme]

Por Felipe Leduino

Não sei por que ainda me surpreendo com o Google. Quando alguém inventa em falar de Internet, o filhote da dupla Larry Page e Sergey Brin sempre é o mais lembrado e citado como referência. Potente é a capacidade de se tornar presente na rede, criando ferramentas que facilitam a vida de muita gente. Sem pestanejar, digo que 100% dos usuários da Web do mundo já usaram os serviços “googleanos ‘. Até aquela galerinha lá do Oriente que vive debaixo de ditadura já usou – antes de proibirem, é lógico.

Google, Google Earth, Google Academic, Blogger, Google Docs, Gmail, Google Chrome… mais algum? Olha, só eu já usei todos estes, digo que é um melhor que o outro, e não estou sendo pago pra escrever isso. Falo mesmo porque não há outra empresa no mundo que inove tanto na área “internetês” quanto essa galerinha californiana que sua litros pra deixar a sua vida na Web mais fácil, seu rato de Internet.

A grande sacada do Google foi apontar dois concorrentes dos mais monstruosos e atacá-los com a sabedoria de um Dalai Lama. Quem são eles? Segurem suas calças: Microsoft e Apple.

“Como assim, cara? Ta pirando?” Não, simples: a Microsoft domina o mundo ainda com o patriarca Windows. Já a Apple voa para a tecnologia portátil com seus I-Pads, I-Phones e companhia limitada. Só que a funcionalidade garantida por ambas as “firmas” estão cada vez mais sendo questionadas. A incompatibilidade de arquivos e programas é a primeira pedra no sapato. Pegue este problema e acrescente demoras em atualizações, dificuldades em configurações e mais outras xaropisses em geral. Parabéns, você ganhará uma grande dor de cabeça. Assim, o Google decidiu primeiro criar anos de experiência longe destes hardwares problemáticos, inventando mil e uma ferramentas apenas em softwares livres e gratuitos em que ficamos viciados. E agora o próximo passo é criar um concorrente para o badalado e supracitado iPad. Aposto todos os meus tazos na vitória do Google com este novo tablet que surgirá em breve. Aquele celular que (diziam que) foi feito pra botar o iPhone no chinelo foi apenas um tiro de curto alcance, um teste.

Enquanto isso, pra não perder o costume, eles resolveram lançar mais uma ferramentinha: o Google Instant. Na real, a barbada de completar as palavras com que procuramos no pesquisador já existia, só que agora está muito mais veloz. Não digo isso por experiência própria, até porque ele ainda está disponível só em território americano, e depois irá pra Europa. Aí, quando ele não for mais novidade, talvez venha para o Brasil, né?

Bom, acho que já falei demais, e por isso vou deixar outra pessoinha explicar um pouco mais o Google Instant. Sai que é tua, Bob Dylan!

[youtube=http://www.youtube.com/v/qcm0rG8EKXI?fs=1&hl=pt_BR]

Mais um.

Opa! Antes de ir, deixo mais outro vídeo. Juro que é o último, mas é muito bom. Irmãos, eis um exemplo de como o Google pode facilitar a nossa vida. O contexto e a trilha ajudam a deixar o comercial mais cute-cute. Agora sim: até a próxima!

[youtube=http://www.youtube.com/v/3-WRn9keARE?fs=1&hl=pt_BR]

.

Veja também: Google TV: Televisão e Web enfim juntas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...