03
mar
2017

Internet: o futuro nas redes sociais

Por Maria Eduarda Paul >>

Que a internet é um excelente canal de comunicação e que revolucionou os conceitos de disseminação de conteúdo, não há dúvidas. As possibilidades de interação e compartilhamento multiplicaram-se e, hoje, qualquer informação está disponível em poucos cliques. A agilidade da ferramenta facilitou (e muito) as relações corporativas e sociais, otimizou tempo e dinheiro, além de ter trazido uma nova perspectiva em relação ao futuro. As redes sociais encaixaram-se perfeitamente neste contexto e passaram a ser parte do cotidiano, perdendo o caráter de ferramenta de entretenimento, exclusivamente. Hoje, adquiriram uma postura facilitadora e interativa em relação a negócios e oportunidades.

Até aí, tudo perfeito. Mas, como tudo na vida, a internet também trouxe alguns inconvenientes. Ou melhor, mostrou alguns inconvenientes. Entenda: partimos do princípio de que um canal de comunicação serve, em sua essência, para multiplicar conteúdo. Serve para a disseminação e repasse de informações importante com a proposta de agregar conhecimento. Entretanto, perdeu-se um pouco o foco inicial e passou-se a perceber muita discrepância entre os propósitos dos usuários. Enquanto alguns fazem da ferramenta uma aliada, outros insistem em desvirtuar conteúdo, empregar falsos depoimentos ou inventar informações/acontecimentos. A internet se transformou em porta de entrada para informação vazia e sem cabimento.

Por favor, entendamos aqui que não se trata de uma crítica ao meio “internet”, mas sim, ao mau uso dela. Tanto as redes sociais, como os outros aplicativos disponíveis, devem ser entendidos como oportunidades para diálogo e disseminação de ideias, sempre somando junto ao outro. A aspiração é pelo conhecimento.

Entenda, também, que o entretenimento – desde que desenvolvido com ética e respeito – é essencial e merece seu lugar nas redes. Ninguém é de ferro: se divertir é muito importante! Tudo é bom desde que na medida certa, não é?
Fica aqui a reflexão para que, com o passar do tempo, não transformemos a internet em uma inimiga – lotada de informações incrédulas ou desrespeitosas. Que trabalhemos unidos pela difusão do bom senso e da convergência de boas ideias.

Fonte da imagem: drfdesignerstudio.tumblr.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...