17
ago

Macrotendências de Consumo e Pesquisa de Mercado

Por Maria Alana Brinker

Prezado leitor, este é um breve resumo da palestra Macrotendências de Consumo e Pesquisa de Mercado, ministrada por Leandro Tonetto (doutor pela Leeds University Business School / Inglaterra, e desenvolvedor de projetos de Cool Hunting) na ESPM, no dia 11 de agosto.
Se você tiver dúvidas e quiser saber mais sobre a palestra, deixe um recado, um comentário etc.

1. CHOICE EXCITEMENT (EXCITAÇÃO DA MENTE PELA POSSIBILIDADE DE ESCOLHA – O PODER DE ESCOLHER)

987110_basket_reflectionPassado: oferecer tudo em um só estabelecimento. Ex.: os supermercados começaram a vender, além de alimentos, roupas, eletrodomésticos, brinquedos, …

Atualidade: as “coisas” são mais acessíveis. Exs.: hoje posso usar a mesma marca de tintura de cabelo que a Madonna usa (pelo menos diz que usa – comentário meu!); para comprar uma lata de Coca-Cola, não preciso falar com ninguém, basta colocar meu dinheiro na máquina e pronto.

Movimento: criatividade acessível. Produtos criativos e diferentes podem ser encontrados em shoppings e estão mais acessíveis às diversas camadas socioeconômicas da população. Ex.: loja Imaginarium

Tendência: visões originais, produtos com design diferente, fora dos padrões. Ex.: bolsa de braço, em formato de bóia para braço de criança (Eu vi a foto e achei muito interessante!).

2. POCKET EXPERIENCE (COMMODITIES EXCELENTES)

Passado: hedonismo express. Exs.: sorvete Häagen-Dasz pequeno, sopas individuais, …

Movimento: por causa das rotinas repetitivas, o homem foge do estresse buscando algo bom que possa estar presente em algum momento simples. O homem busca o preenchimento sensorial, “coisas” que proporcionem sensação de bem-estar para compensar / aliviar a grande carga de estresse e trabalho. Ex.: comidas sofisticadas e baratas, como o Sushi.

Soluções multidensas: uso de espaço com criatividade. Exs.: dividir um cômodo (como sala e quarto) com um painel de fotografias; possibilidade de ter vasos de plantas, temperos etc.

Tendência: as pessoas têm acesso a serviços profissionais dentro da própria casa, como aparelhos de musculação que quase dispensam a ajuda de um professor. Tudo está ficando muito automatizado. O movimento vai em direção da não conformidade das pessoas com o pouco. Mesmo pertencendo à uma classe socioeconômica menos privilegiada, as pessoas não se contentam com pouco, querem o melhor, pagam muito por uma bolsa de marca ou por uma roupa de qualidade.

3. TASTE EMPOWERMENT (SINGULARIDADE DA EXPERIÊNCIA)

Passado: customização; faça você mesmo.

Atualidade: produtos que vão muito além da customização; variedade. Se uma loja não vende o produto que eu quero, existe outra que vende este produto ou algum parecido. Ex.: kit pessoal da Adidas (Adidas Multicolor – vem com canetinhas que permitem ao dono do tênis colori-lo do jeito que quiser).

Movimento: interação. Ex.: Ronan & Evans Bouroullec divisórias (Pesquisem na Internet se quiserem conhecer os produtos!)

Tendências: realidades únicas. Ex.: piso de cristal líquido (como uma tela LCD de monitor) em uma casa noturna de Milão – empresa Creative Enviroments.

4. MOVING EFFECT (QUALIFICAÇÃO DO CONTEXTO URBANO – RELACIONADO À ACELERAÇÃO DA NOSSA VIDA)

Passado: vida flexível. Ex.: dispositivos USB, que permitem carregar muitos conteúdos para vários locais diferentes.

Movimento: confiança na mobilidade. Exs.: BMW C1, C4 Pallas, assentos anatômicos em ônibus, moto com cobertura, … (Já que temos que passar por um engarrafamento, vamos passar por ele com conforto.) Casas mais confortáveis e espaçosas; busca por locais no campo (fuga da cidade).

Tendências: contextos alternativos. Ex.: vedação do acesso visual à reforma de um edifício do Bleeker Group, em Paris – empresa Anthem (Pesquisem na internet se quiserem conhecer o prédio!). As pessoas se cansarão das arquiteturas comuns (Aqui estão incluídos prédios da Av. Carlos Gomes – PoA -, como exemplo de “mesmice arquitetônica”, que parecem ser modernos, mas, na verdade, não destoam da arquitetura dos prédios comerciais de muitas cidades.).
Relações fluídas também são tendências. Ex.: projeto Couch Surfing (Colocar a própria casa à disposição na internet para hospedar estrangeiros – muito comum na Europa.)

5. SURPRISING ENDURANCE (VISÕES QUE DURAM E SURPREENDEM)

Mitos consolidados: mesa-porco (Itália) – objeto bastante consumido há anos, que não sai de moda e surpreende as pessoas sempre. Objetos com aparência única.

6. FAIR EXTENTION (PROCESSO ÉTICO DOS PROJETOS: NÃO À COMUNICAÇÃO CORRETA)

Movimento: propagação de consciência.

Atualidade: oferecer oportunidades. Ex.: ações na Rocinha, artesanato popular, aulas de música para crianças do Nordeste etc.

Tendência: transparência responsável. Ex.: www.we7.com (Site para baixar músicas piratas sem que sejam consideradas piratas – inserção de propaganda no início da música para não ser considerada pirata.)

7. PUSH-BUTTON EXPERTISE (DE COMPONENTES TECNOLÓGICOS PARA ENTRETENIMENTO; DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS PARA CONHECIMENTO)

Ferramentas profissionais: Scanner 3D
Techno-hobbies: DVDs
Movimento: compartilhar experimentação. Ex.: YouTube
Tendência: utopia difundida. Ex.: My Home

8. EXPANDED ENVIRONMENT (DE PRODUTOS VERDES PARA MODOS DE PENSAR ECOLÓGICOS)

Passado: Eco-nature (produtos biodegradáveis). Ex.: aerosóis sem CFC, porém mais caros que os comuns.

Ansiedade por recursos (classificação de energia): Ex.: eletrodomésticos, como geladeiras.

Movimento: envolvimento sustentável. Ex.: hotéis de luxo de Eco-Friendly

Tendência: mudança no sistema. Ex.: prédios com estruturas “loucas” – da empresa 3XN.

TENDÊNCIAS

Dados de pesquisa que destoam da maioria podem ser interessantes.

Pesquisar tendências tem muito a ver com o jeito com que os dados são interpretados.

Nenhuma análise de tendência é útil sem um projeto.

Pesquisar valores humanos é preciso para se descobrir novas tendências.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • larissa

    achei super interessante

Anunciantes

  • Anúncie no blog Comunicação & Tendências
  • Anúncie no blog Comunicação & Tendências