06
jun
2016

Networking: Como construir e manter sua rede de contatos

<<Por Renata Gueresi >>

A palavra “networking” tem origem na língua inglesa, e seu significado é: net = rede / work = trabalho. Quando traduzimos esta expressão para o português podemos ter algo como: “rede de contatos relacionados ao trabalho”. Esta rede de contatos pode ser muito bem usada como uma forma de nos inserirmos no mercado desde que bem utilizada.

O networking é um ato de compartilhar informações com um determinado grupo de pessoas, sendo um processo recíproco de troca de ideias. Na sua rede networking o que importa não é a quantidade de pessoas conectadas a você, mas sim a qualidade destes contatos.

Tendo uma boa rede de contatos você terá como benefício oportunidades de negócios, emprego e diversão, pois uma boa rede de networking vai além dos contatos profissionais, envolve também os seus contatos pessoais.

O networkinh também está relacionado a como você mantem o seu contato com a sua rede, pois não basta criar uma rede super bacana e ficar anos sem trocar informações com estas pessoas e de uma hora para outra achar que alguém vai lhe arranjar um emprego só porque um dia vocês se conheceram.

Dessa forma, networking implica mostrar aos seus contatos aquilo que você tem a oferecer, sempre deixar bem claro quais são seus propósitos e objetivos, que projetos você tem andamento, quais são suas competências e verificar sempre que tipo de apoio você busca na sua rede, para poder ampliá-la ou reduzi-la.

E para mapear a sua rede, como fazer?

Faça uma lista com o nome das pessoas que você conhece, separando por categorias: parentes, amigos, contatos acadêmicos, contatos profissionais, pessoas reconhecidas, etc.

Além de dividir sua rede por categorias, você também pode montar sua rede de contatos por tipo de projeto, no qual você esteja trabalhando. Faça o seguinte: coloque no meio de folha o seu objetivo, ao redor coloque subprojetos associados ao objetivo e abaixo vá listando o nome das pessoas que podem lhe ajudar a desenvolver este projeto. E avalie também o grau de relação com estas pessoas: forte, médio, no início, a desenvolver. Assim, você poderá identificar áreas que merecem desenvolver mais networking.

Lembre-se que é importante manter a sua rede ativa, por isso sempre que possível fortaleça seus laços, tente oferecer algo primeiro, agradeça sempre pelo que os outros estão te oferecendo de recursos, faça muitas conexões e deixe seus objetos as claras, pois só assim sua rede poderá ajudá-lo a atingi-los.

Por fim, faça uma planilha com os seguintes dados para mapear sua rede de relacionamentos:

  • Nome da pessoa
  • Dados para contato (telefone, email)
  • Grau de contato atual (em uma escala de 0 a 5)
  • Grau de contato desejado (em uma escala de 0 a 5)
  • Ação a ser tomada para manter ou melhorar relacionamento
  • Prazo – até quando essa ação deve ser realizada
  • Status – o que já foi feito?

 

“Da primeira à última conversa do dia, você está o tempo todo fazendo networking” (Darling, 2007).

 

Referência:

Material de aula do curso Gestão da Qualidade, da Faculdade de Desenvolvimento do Ro Grande do Sul, da disciplina de Planejamento de Carreira.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...