Por Daniele Carlini >>

A terceira temporada do seriado britânico Black Mirror – que tem esse nome por causa das telas de celulares, TVs ou computadores, que refletem como um ‘espelho negro’ – traz como episódio inicial Nosedive, que mostra o dia a dia e as pretensões da personagem Lacie, em busca de um 4.5 no ‘ranking de aceitação’ para, entre outras coisas, comprar a ‘casa perfeita’, no ‘condomínio perfeito’.  

lacie

Treinando o sorriso no espelho.

Fake it ‘till you make it*

Agora, vamos avaliar duas situações do nosso cotidiano:

Cenário 1: Alguma vez você já alinhou os itens em uma mesa para tirar uma foto bonita do que está comendo ou bebendo, ou tirou mais de meia dúzia de fotos antes de escolher a ‘certa’ para publicar no seu perfil do Facebook? Compartilhou com seguidores – amigos e desconhecidos – sua rotina no Snapchat ou no Stories do Instagram? E qual sua reação quando vê que sua postagem rendeu muitos likes?

café

Café incrível! #happy #coffee #latteart

Cenário 2: Você vai a um bar, restaurante ou loja e recebe um atendimento incrível! A comida é ótima, o lugar é agradável e as pessoas são gentis e divertidas. Ao pagar a conta, você é convidado a avaliar esse estabelecimento. Você, provavelmente, dará 4 a 5 ‘estrelas’ e sua nota ficará atrelada ao perfil do local, o que vai – certamente – influenciar seus amigos e sua rede, como um lugar que vale a pena conhecer. Obviamente que também vale para o contrário e, como reclamar costuma causar mais notoriedade, uma avaliação ruim deverá chamar ainda mais a atenção e – muito provavelmente – fará com que o local seja evitado pela rede que você exerce influência.

avaliacao

Avalie Nosedive

Juntando essas duas situações, imagine que sua quantidade de amigos, likes nas postagens, compartilhamentos…tudo isso lhe dê uma classificação geral, uma ‘nota’ perante a sociedade, exatamente como você fez com o local do cenário 2. E esta classificação estabeleça que você é melhor ou pior sucedido na vida, que lhe proporcione prestígio e admiração ou exclusão total. E cada estrela vira uma moeda de troca na vida real.

conectados

Conectados

Essa é a realidade do episódio e, por mais futurista que ele se desenhe, com a apresentação da tecnologia, do chip ocular, da realidade virtual, as cores em tons claros e neutros da parte ‘feliz e bem sucedida’, não está – de maneira alguma – distante da nossa vida atual. VIP, premium, diamond, exclusivo…são termos já empregados hoje em diversas situações: cartão de crédito, clubes, lojas, companhias aéreas, etc. Normalmente são classificações conseguidas com custo em dinheiro – você paga mais para viajar de executiva do que econômica. Mas influência – há séculos – também é moeda.

Se hoje, só o fato de discordar de uma opinião pode gerar discussões ferrenhas e inimizades eternas, imagine se sua vida dependesse de aprovação constante, para tudo e de todos? Seríamos mais condescendentes, nada críticos, certamente falsos e, no fundo, provavelmente, infelizes…E você, já se perguntou por que está nas redes sociais?

blackmirror

5 estrelas pra você =)

 

Ficou curioso?

  • As 3 temporadas de Black Mirror estão disponíveis no Netflix.
  • Quer saber qual seu ‘grau de influência hoje’? Descubra com o aplicativo da Netflix aqui (esse é brincadeirinha, viu?)
  • Reputelligent™ parece um negócio potencial para RPs, não?! 😉
  • Significado da expressão Fake it ‘till you make it : Finja até conseguir.
  • Nosedive, literalmente, significa ‘mergulhar de nariz’. Algo como ‘queda livre’.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...