14
nov
2012

O novo perfil dominante do consumo: a classe C

Por Gracielle Guedes >>

Ela é detentora da maior porcentagem quando o assunto é consumo. Estes consumidores têm perfis distintos, porém, possuem características semelhantes na hora da decisão de compra.

Como já dizia Everardo Rocha (2009), “através do consumo, a cultura expressa princípios, estilos de vida, ideais, categorias, identidades sociais e projetos coletivos. Ele é um dos grandes inventores das classificações sociais que regulam as visões de mundo e, talvez, nenhum outro fenômeno espelhe com tanta adequação um certo espírito do tempo”.

O consumo está ligado ao ser humano há muitas décadas. Porém, a forma que este consome sofre variações constantemente. O grande desafio do profissional de Marketing e Comunicação é justamente conseguir “desvendar” o que seu cliente está pensando, o que ele necessita, quais são seus sonhos…

As classes sociais sofreram diversas mudanças ao longo dos anos. E eis que uma nova classe média surge: a classe C. Ela é detentora da maior porcentagem quando o assunto é consumo. Estes consumidores têm perfis distintos, porém, possuem características semelhantes na hora da decisão de compra. Com o mercado cada vez mais atraente, este perfil também é o que mais se endivida no Brasil.

O centro da economia do país gira em torno deste grupo, que hoje, de acordo com pesquisas diversas, detêm em torno de 40% do consumo total da nação. Mas juntamente com esses dados, pesquisas mostram também que a nova classe média é a que gasta mais do que ganha.

A renda familiar deste grupo éem média R$ 2.857 por mês, mostrando que os itens que mais gastam são educação e vestuário. As outras despesas incluem moradia, transporte e  alimentação. Porém o maior sonho de consumo da classe C ainda é a casa própria. Aqueles que não possuem um imóvel, planejam adquiri-lo nos próximos anos.

Os fatores que mais contribuem para o crescimento da nova classe média nos últimos anos se deve principalmente, aos diversos reajustes do salário mínimo, aumento de crédito e o aumento de oportunidades no mercado de trabalho.

Mesmo sendo o único grupo que gasta mais do que o salário do fim do mês,  o consumidor da classe C é exigente quando se adquire um produto. A maioria fica atenta às promoções e recomendações de amigos, e são fiéis a marcas que lhe agradam.

O que levaria então essa classe que é considerada atenta a descontos, a exceder no final do mês? O item em questão pode ser nomeado como cartão de crédito. A facilidade na hora do “pagamento” de uma mercadoria faz com que este consumidor, principalmente as mulheres ultrapassarem o orçamento sem muita preocupação.

A  classe C detêm  o poder. Isso mesmo! As grandes marcas devem focar neste novo consumidor e sempre atualizar os seus anseios, pois de agora em diante a sua possibilidade de compra só tende a aumentar.

Fonte da imagem: chiusoli.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Anacarolaraujosilva

    Blog interessante. Parabéns!