Por Maria Alana Brinker

Oferecer diferenciais é indispensável para alavancar as vendas de um produto ou serviço, e isto vem sendo acompanhado, cada vez mais, de ações que visam estreitar o relacionamento entre empresa e cliente.

Patrocínio cultural, campanhas publicitárias, atendimento personalizado, programas de fidelização. São muitas as estratégias empregadas para potencializar a imagem e estreitar o vínculo entre quem vende e quem compra. Mas o que realmente funciona? Como saber que tipo de ação realizar para conquistar o público-alvo?

Bons Exemplos

Capa-natura-revista-digital-ciclo-06-2009Ao custo de R$ 45,00 anuais, a Natura oferece às suas consultoras um site pessoal, onde elas podem estreitar o relacionamento com os consumidores através da montagem de um cadastro, envio de mensagens eletrônicas e opções de e-mails com dicas, felicitações pelo aniversário e outras datas comemorativas, agradecimentos, pós-venda etc.

Em 2007, o Citibank aliou a chegada do final do ano – época em que as pessoas costumam ficar mais sensíveis – à produção de peças que visavam aproximar os atuais e futuros correntistas do banco. Utilizando o slogan “Realiza com você” e muita sensibilidade na composição das imagens e dos textos, a campanha não inovou tanto no critério “tocar o coração do consumidor”, até porque fazer publicidade assim é uma estratégia bastante antiga – quem dirá o Zaffari -, mas conseguiu chamar atenção através das comparações feitas entre as belas imagens de antes e depois, ao contemplar diversos perfis de clientes e fazer uma conexão entre a realização de um sonho e a participação do banco nisto (mérito da agência Publicis Brasil).

Mas afinal de contas, como saber qual o tipo de ação mais adequado para garantir a fidelização e a aproximação dos Campanha Citibank dezembro 2007clientes? Na verdade, prestar bom atendimento, oferecer produtos e serviços de qualidade, SACs que realmente funcionem e, principalmente, ter clareza e transparência ajudam a garantir credibilidade à imagem de qualquer instituição – o que, atualmente, é um diferencial muito forte e torna a marca preferência no momento da escolha. Mas conhecer o perfil do cliente, fazer benchmarking em outras empresas, pesquisa de satisfação e manter-se atualizado com as tendências de consumo também é fundamental para saber como e quando devem ser realizados investimentos que garantam à empresa outros diferenciais no mercado.

Post relacionado: Você pagaria por esperança? Os portugueses estão pagando, e isto não é sarcasmo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...