Por Rodrigo Boehl >>

Sócrates tinha a certeza de que quando pensamos de forma racional agimos com mais segurança e independência. Consequentemente, deixamos de ser conformistas e vulneráveis aos pensamentos dos outros.

Há mais ou menos um mês realizei um curso de iniciação ao coaching, chamado Dinâmica Norteadora de Ações (DNA). A primeira impressão que tive foi que se tratava de técnicas de auto-ajuda misturada com planejamento pessoal, conhecida na literatura como BSC-P.

Durante o curso fiquei atendo aos meus pensamentos, a fim de evitar a criação de barreiras mentais, afinal de contas, o que me levara até ali era o interesse em aprender algo novo.

Já havia lido e ouvido muitas coisas sobre o trabalho de coaching, porém, mesmo com todas estas informações estava cético naquele momento sobre os resultados que este trabalho poderia criar.

Nada melhor do que vivenciar, pois descobri que além de definir ações com propósito de nortear os meus esforços, o coaching oferece um trabalho de desenvolvimento do individuo, transformando a forma de enxergar a vida e suas perspectivas. Resumindo: no intervalo do segundo dia estava entusiasmado e ansioso para colocar em prática o meu novo aprendizado. Desde então tenho buscado ler tudo a que se refere ao assunto. Depois daquele dia tenho a enorme vontade de disseminar o que aprendi e poder orientar as pessoas na sua transformação pessoal.

Pretendo, com este texto, abrir o horizonte daqueles que conhecem o método e ainda pensam que coaching é apenas auto ajuda, e replicar um passo a passo interessante que aprendi no livro o Administrador de Sonhos, de Matthew Kelly. Para entender a profundidade da proposta, é preciso saber da onde surgiu esta disciplina.

O COACHING TEM SUA PEDRA FUNDAMENTAL NO PENSAMENTO RACIONAL DE SÓCRATES 

Sócrates tinha a certeza de que quando pensamos de forma racional agimos com mais segurança e independência. Consequentemente, deixamos de ser conformistas e vulneráveis aos pensamentos dos outros. Resumindo: devemos criar confiança em nossas próprias ideias.

Você já se perguntou se aquilo que você faz o aproxima ou o distancia dos seus objetivos ou sonhos? Acho que não. Eu mesmo nunca havia me perguntado!

Quero propor algumas perguntas a serem respondidas por você. É importante ser sincero na respostas. Parece lógico, mas muitas vezes buscamos nos enganar ou nos condicionar a algumas crenças ou bengalas.

Passo 1

Quais são seus sonhos? Utilizo sonho em vez de objetivo, pois existe a diferença do que eu quero e quem eu quero ser. Sonho é mais puro e trás com maior facilidade o que eu quero ser.

Você pode identificar os sonhos nas seguintes categorias: físico, emocional, intelectual, espiritual, psicológico, material, profissional, financeiro, criatividade, aventura, legado e caráter.

Não tenha preocupação em alocar corretamente os seus sonhos nestas categorias. Quero apenas facilitar e não complicar a identificação dos sonhos. Tenha como meta sonhar bastante!

Passo 2

Olhando para os seus sonhos, se pergunte o que esta acontecendo. Das coisas que eu faço, quais me aproximam ou me afastam dos meus sonhos?

Passo 3

Dentre estas coisas, o que são crenças? Aquilo que herdamos com os valores familiares e que acabam nos condicionando, ou palavras e jargões que costumávamos ouvir quando criança. Por exemplo:

– Você não vai conseguir.
– Sempre tive dificuldade com matemática.
– Não gosto de estudar.
– Deixo tudo para a última hora.

Passo 4

O que você gostaria de mudar na sua postura? Quais as novas crenças que deve acreditar?

– Eu sou o que eu faço.
– Se eu quero, eu posso.
– Aprender algo novo todos os dias.
– Primeiro sacrifício, depois resultado.

Passo 5

Como posso fazer isto?

Passo 6

Qual é o próximo passo? E porque não fazer agora?

Estas respostas são necessárias para se conhecer e definir quais as ações que irão concretizar os nossos sonhos ou objetivos. É importante ter sempre em mente o foco no progresso, pois quando pensamos no caminho longo que ainda temos que percorrer desanimamos.

A caminhada de um coachee, aquele que está sendo orientado a buscar novas soluções, é longa. Tentei colocar de forma simples os primeiros passos e aqueles que julgo fundamentais. Recomendo que você sempre tenha por perto a lista dos seus sonhos e se pergunte com frequência se o que você tem feito o aproxima ou o distancia dos seus sonhos. Lembre-se que esta reflexão irá ajudar você a definir melhorias nas ações a serem realizadas.

Aqueles que se sentirem à vontade podem compartilhar a sua experiência em responder as perguntas e compartilhar se houve uma mudança na forma como você se enxergava.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...