07
abr
2015

Você sabe o que é o intraempreendedorismo?

Por Fernanda Sarate >>

As organizações precisam de intraempreendedores assim como a sociedade precisa de empreendedores.  

imageminternaEmpreendedorismo é um termo que já faz parte de nossa rotina. Está presente nos noticiários, nas revistas, nas mídias sociais, nas conversas de mesas de bar. Há cursos livres e até de nível superior sobre isso. É almejado e já começa a ser mais estimulado. Porém, há um termo semelhante que ainda não está tão difundido e que também tem bastante importância: o intraempreendedorismo. Você sabe o que é isso?

O que é o intraempreendedorismo?
O intraempreendedorismo pode ser definido como o empreendedorismo aplicado às organizações, o empreendedorismo interno, praticado pelos funcionários que atuam na empresa. Também é chamado de “empreendedorismo corporativo”.

O que ele envolve?
O intraempreendedorismo envolve o reconhecimento de oportunidades, inovação, gerenciamento de riscos e a geração de valor agregado.

Quais são os “cinco Is do intraempreendedorismo”?
Implementação, imaginação, inovação, intenção e informação.

Como as empresas podem estimular o intraempreendedorismo?
Valorizando e estimulando a inovação e a colaboração dos funcionários com ideias e com o desenvolvimento de novos projetos, tendo foco nos clientes e tolerância a erros, recompensando os colaboradores, compartilhando seus resultados, celebrando vitórias e exercendo uma liderança descentralizadora. A empresa deve ter uma cultura que estimule a participação dos funcionários de todos os níveis hierárquicos, que deixe claro o papel fundamental de cada um para o sucesso da empresa.

Quais os benefícios do intraempreendedorismo?
Por meio do intraempreendedorismo, a inovação pode ser estimulada e acelerada nas empresas. Ele é um meio de se buscar o desenvolvimento sustentável das organizações, reconhecendo seus talentos e recompensando-os. O intraempreendedorismo é um sistema ganha-ganha.

Quais são as características do intraempreendedor?
O intraempreendedor tem paixão pelo que faz, ele é criativo, curioso e pró-ativo, tem facilidade para resolver problemas e propor novas soluções para antigos dilemas, tem senso de propriedade, é persistente e gosta de colaborar.

Quer um exemplo?
A 3M é um exemplo de empresa que estimula o intraempreendedorismo. Abaixo, confira uma palestra proferida pelo líder de marketing corporativo da 3M no Brasil.


Para atingir desempenho superior, ter sucesso e se diferenciar, as empresas precisam, cada vez mais, criar condições que estimulem o surgimento de iniciativas intraempreendedoras por parte de seus funcionários. Portanto, as organizações precisam de intraempreendedores assim como a sociedade precisa de empreendedores.

Fonte:
www.sebrae.com.br
Fonte da imagem:
http://goo.gl/u17Mvg

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...