Por Daniela Seibt >>

O compliance é uma das maiores preocupações da Administração na atualidade, no que diz respeito à Gestão de Risco Corporativo, e sua prática implica na implantação de programas e sistemas de controle ligados à construção de confiança nas organizações, às quais se vinculam estruturas de orientação a comportamentos éticos e valores morais de líderes e liderados. Em outras palavras, trata da cultura da ética nos negócios, conceito que afeta diretamente o resultado de uma empresa, a performance dos funcionários e consequentemente o lucro.

Muito mais do que um modelo racional de performance organizacional, o compliance corporativo tem a ver com as relações que se estabelecem nesse ambiente (interna e externamente) e que podem afetar os índices de confiança e reputação. Para a consultora Ana Lúcia Oshiro, “a prática do Compliance Corporativo é um dos temas mais atuais e de discussão global que auxilia as empresas no desenvolvimento de uma plataforma sólida, proporcionando integridade na relação das pessoas e dos negócios. Ele tem sido percebido como o suporte que a gestão dispõe para não apenas minimizar os riscos, mas como uma norma efetiva que fornece a diretriz de como orientar-se nas mais diversas situações e problemas que possam impactar no risco de perda reputacional.”

Como estrutura complementar de governança corporativa, o compliance demanda conhecimentos multidisciplinares que perpassam as mais diversas áreas (Direito e Economia, entre outros). Como indicador de competência e eficiência dos negócios, exige envolvimento, diálogo, negociação e comprometimento de toda a estrutura organizacional, para que possíveis perdas em situações de crise gerem o mínimo de impacto sobre a percepção de imagem ou a confiança do público nos discursos da organização. E para afinar esses processos, utilizamos estratégias de comunicação, já que é preciso assegurar uma cultura organizacional ética, em conformidade com as normas e procedimentos estabelecidos nas políticas de compliance.

A comunicação atua no suporte ao compliance à medida que auxilia na disseminação da consciência ética, atuando em favor da credibilidade, da confiança e da gestão de imagem nas organizações. Segundo Ana Lúcia, em cada uma de suas atividades, “a Comunicação age como analista das coerências e dissonâncias dos discursos e práticas – internos e externos –, na elaboração das normativas reputacionais – “o pode e não pode”; no treinamento dos líderes em termos de posturas, de repertórios corretos; no desenvolvimento das competências exigidas para o falar […] e das normativas de conduta yes/no em relação a cada nível e especialidade de relacionamento, seja de cada área da organização ou em relação aos variados públicos e […] na produção dos conteúdos de marca que validam as estratégias e os conceitos empresariais.”

E todos esses esforços de comunicação têm como objetivo validar a reputação organizacional, de maneira que ela se solidifique ou se mantenha sólida. Uma reputação forte é sinônimo de confiança e demonstra o alinhamento entre a projeção pública (identidade) e a percepção pública (imagem) de uma organização. Num momento em que presenciamos o crescimento dos escândalos públicos e clamamos por ética nas relações corporativas e pessoais, o compliance traz à gestão corporativa uma orientação baseada em transparência, em responsabilidade, em valores morais, desenvolvendo um agir ético que impacta os negócios em aspectos humanos, financeiros e mercadológicos.

Nas Relações Públicas, trabalhamos fortemente com o relacionamento das organizações e seus públicos de interesse, para o qual já determinamos a transparência e a confiança como norteadores do nosso trabalho. Com um programa de compliance, esse fazer organizacional se torna ainda mais importante, porque é na política de comunicação aplicada ao programa de compliance que monitoramos inconsistências, reduzimos dissonâncias na interpretação das normas e alinhamos os objetivos organizacionais, de forma a minimizar o risco em situações de crise e atribuir maior valor aos relacionamentos corporativos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...