Maria Alana Brinker>> SOBRE @alanabrinker

Acredito que conhecimento vale muito mais quando é compartilhado, então criei em 2007 o blog Comunicação e Tendências, que hoje conta com uma equipe de 10 voluntários.

Sou graduada em Relações Públicas pela UFRGS (2008), especialista em Branding pela PUCRS (2012) e tenho capacitações em Responsabilidade Social pela Universidade Petrobras (2013) e Marketing Digital pela Google (2015). Meu foco é atuar sempre pensando em como as Novas Tecnologias podem agregar para aumentar a eficiência das estratégias de Comunicação.

>> EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Já atuei nos setores de Comunicação e Marketing de empresas / instituições como Petrobras (como profissional de Comunicação e Responsabilidade Social terceirizada), Hospital Moinhos de Vento, Moinhos Shopping, Núcleo de Saúde da UFRGS, Associação Esportiva Copesul (atual Braskem), Acesso Projetos Integrados de Comunicação e ilegra. Atualmente trabalho no Grupo Dimed.

Por que decidi ser relações públicas? Caro leitor, você já ouviu alguma criança dizer que quando crescer quer ser RP? Ou então, algum pai dizer: “Quando este menino (a) crescer (pausa para suspiro) vai ser um relações-públicas!”? Bem, eu nunca escutei isso, não tenho nenhum RP na família para me inspirar e confesso que só fui saber ao certo o que este profissional faz nos primeiros semestres da faculdade, porque também tinha as minhas dúvidas quanto às devidas funções desta profissão e se realmente queria continuar nela. Só depois de começar a estagiar e de ter contato com o mercado, no início do 3° semestre, decidi que realmente queria ser RP.

O fato é que esta profissão, como tantas outras, se escolhe por afinidade, porque você sabe – ou intui – que tenha a ver com a sua personalidade e com as suas características e habilidades. E foi assim comigo.

Se você é estudante ou profissional de Relações Públicas deve saber que como arquivologista, bibliotecário, cientista atuarial, engenheiro de produção… (e lá vão outras tantas profissões que a maioria das pessoas não entende o que a criatura faz), teve ou tem que passar a faculdade toda explicando para os outros, inclusive para os próprios pais, qual é o seu trabalho. Mas nada de desânimo! Se você é ou pensa em ser RP, vá em frente. É uma profissão que te abre um leque bem grande de oportunidades de atuação e proporciona um excelente networking. Se você gosta de lidar com pessoas e de Comunicação, é perseverante e criativo, tem tudo para ser um ótimo profissional! Aliás, quando trabalhamos com o que gostamos, com dedicação, as chances de sucesso são MUITO GRANDES!

>> ÁREAS EM QUE PREFIRO ATUAR

Todas que envolvam Comunicação (“Amo muito tudo isso!”).

>> COMO FAÇO DIFERENÇA NO MUNDO

Trabalho com integridade e faço tudo com dedicação e ética. Na minha opinião, um bom exemplo é muito mais eficaz do que livros de autoajuda ou qualquer sermão que se possa dar. Acredito que educação é a resposta para que haja mais respeito entre as pessoas e para que nossa sociedade se desenvolva mais em todos os aspectos, porque recebendo uma boa educação as pessoas são capazes de se questionarem sobre seus direitos e deveres. Por isso, incentivo quem conheço a estudar e a ler conteúdos de qualidade.

>> UM DEFEITO E UMA QUALIDADE

Defeito: paciência em excesso. Qualidade: determinação.

>> UM SONHO

Fazer ou participar de um projeto que ajude na educação de crianças e adolescentes.