Por Gracielle Guedes >>

O mundo vai acabar! Quantas e quantas vezes tivemos que escutar essa frase nas últimas décadas?

Quem não se lembra como foi a divulgação do filme 2012 pela internet? E do grupo americano que anunciou o fim do mundo para 21 de maio de 2011? Será mesmo que o planeta Terra está com seus dias contados?

Vocês devem estar se perguntando o que tem a ver um post sobre sustentabilidade abordando esses temas. Tudo!

O termo sustentabilidade passou a ser “visita” constante em reuniões empresariais, mídias sociais e blogs. Mas será mesmo que as organizações estão preocupadas com o futuro do planeta? Ou seria só mais uma estratégia de marketing para atrair novos clientes?

É comprovado, em pesquisas, que empresas sustentáveis e socialmente responsáveis são bem vistas aos olhos do consumidor, influenciando no poder de compra e impactando diretamente na imagem corporativa.

Sustentabilidade, ao pé da letra, consiste na utilização dos recursos naturais no presente, sem comprometer a utilização e a satisfação das gerações futuras. As organizações que interagem com o tema adotam também políticas de responsabilidade social, porém, devem tomar cuidado quando se intitulam como organizações sustentáveis e socialmente responsáveis. Para ser referência, muito tem que ser feito. Na prática, não é tão simples assim, e requer uma equipe especializada para gerir tais projetos.

Na minha visão, a preocupação com as gerações futuras é válida. Portanto, não acredito quando empresas querem se passar por Ongs. Tudo tem seu preço no mundo capitalista em que vivemos, e, logicamente, as organizações querem, sim, uma “fatia de pão” em troca dos projetos que desenvolvem.

Vamos citar algumas que desenvolvem trabalhos interessantes e comprometidos com a sociedade e com seu público-alvo, porém, sem esquecer do seu bom marketing…

  • Grupo Abril – Desenvolve o projeto Planeta Sustentável, e tem como uma das grandes preocupações as consequências oriundas do aquecimento global. Disponibiliza uma página na web com conteúdo de qualidade e, principalmente, com o objetivo de conscientizar a população sobre os benefícios que pequenas ações podem trazer. Saiba mais em: http://planetasustentavel.abril.com.br/energia/
    .
  • Santander - O grupo investe pesado em publicidade e propaganda para passar a mensagem ao seu público de que é uma empresa que pratica o desenvolvimento sustentável. Possui uma política de engajamento de stakeholders onde traça objetivos aos seus públicos de interesse.
    .
  • O Boticário – Pioneiro na luta pela preservação do meio ambiente, o Grupo Boticário também vê a sustentabilidade como projeto obrigatório para o empreendedorismo. A Fundação do Grupo Boticário de Proteção à Natureza abriu caminhos para que a empresa enxergasse a sustentabilidade como uma nova forma de fazer negócios. A instituição devolve o seu compromisso com o meio ambiente através de diversas ações. Conheça elas neste link: http://www.grupoboticario.com.br/fundacao-grupo-boticario/Paginas/fundacao-grupo-boticario.aspx

E você? Conhece outras empresas que praticam ações legais em nome do meio ambiente? E o que você tem feito para minimizar os riscos para o futuro? Compartilhe conosco!

Outras fontes:

http://www.santander.com.br/portal/gsb/gcm/package/resp_social/sustentabilidade1_53039.zip/index.html
http://www.conarec.com.br/conarec-news/clientes-querem-empresas-sustentaveis.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anunciantes

  • Anúncie no blog Comunicação & Tendências
  • Anúncie no blog Comunicação & Tendências